Artigos Games

Need For Speed: Payback – O jogo está virando um “Velozes e Furiosos”!?

A franquia Need For Speed manterá suas características, com adição de algumas mudanças

Hey guys, tudo bem? Sim, faz tempo que não posto algo muito interessante, porém hoje eu vim aqui para discutir um pouco sobre o jogo Need For Speed: Payback, que recentemente foi anunciado e já ganhou seu primeiro gameplay na conferência da EA na E3 2017.

Trailer

Gameplay trailer

Bom, mas o que eu quero discutir aqui é um pouco diferente. Com uma temática citadina e centrada, a franquia Need For Speed revolucionou os jogos de corridas urbanas e marcou a infância/adolescência de muitas pessoas. Entretanto, como visto no material já divulgado do novo jogo, a “simplicidade” da franquia está acabando, pois a mesma está cada vez mais remando para um estilo de jogo muito parecido com o que podemos ver na franquia de filmes Velozes e Furiosos.

“Ah, mas é só porque teve carro preto sendo destruído”, não, não é SÓ isso. Desde o reboot lançado em 2015, Need For Speed vem usufruindo de algumas temáticas conhecidas pelos filmes de corrida, os quais estão cada vez mais fazendo sucesso. Dito isso, é meio óbvio que, cedo ou tarde, os jogos iriam sim se assemelhar com a franquia Velozes e Furiosos. Como aconteceu durante os oito longas, está na hora dos jogos deixarem as corridas de ruas e se aventurarem por um caminho bem mais ousado.

E3 2017 | Após 12 anos, Sony anuncia volta de um clássico!

“Ah, mas as corridas de ruas são a marca registrada desses jogos”, sim, são, e tenho certeza que veremos MUITAS corridas urbanas nesse novo jogo. Como no filme Need For Speed que foi lançado em 2014 (estrelado pelos atores Aaron Paul, Imogen Poots e Dominic Cooper), penso que a Eletronic Arts vai balancear, durante a campanha desse novo game, momentos em que o jogador precisará usar suas habilidades como piloto de racha e momentos no qual o mesmo se sentirá um  ladrão profissional.

O lado bom do game se expandir para novos horizontes é que isso provavelmente chamará a atenção de novos jogadores à franquia. Jogos de corrida, por mais que são divertidos, nem sempre são os games preferidos do público geral, o qual – muitas vezes – está a procura de uma história bem escrita e de algo que lhes envolve por horas. Traçando a história do Need For Speed: Payback por uma linha mais frenética, é certeza que muita gente acostumada a esnobar a franquia vai começar a se interessar pelo jogo.

Óbvio que há algumas preocupações sobre essas mudanças no game. Com jogos como Grand Theft Auto V no mercado, a EA não pode vacilar na jogabilidade das partes de ação com o personagem, afinal isso seria bastante decepcionante. Agilidade, leveza e precisão são as características básicas que o gameplay do jogo deve proporcionar. Ah, tudo que está sendo dito, é sob uma perspectiva confiante de que as partes de ação não se resumirão apenas em cutscenes. 

Assassin’s Creed: Origins | A evolução da franquia e a redenção da Ubisoft

Sobre a jogabilidade da corrida, vários veículos de notícia já reportaram que o controle do carro não é necessariamente fiel ao controle de um automóvel real. Além disso, aparentemente, o carro não é muito danificado, indiferente das pancadas que leva. Como descrito pelo site The Enemy, “Payback é quase uma fantasia automobilística. Nada aqui é para ser levado muito a sério.”

Outra coisa que vai servir como um elo mais influente entre a franquia de filmes e o jogo é a forma em que é produzida a filmagem nos momentos de acidentes. No gameplay revelado na E3 2017, vimos que, quando acontece algum acidente, o jogo redireciona a câmera para este o filmando de um modo muito mais cinematográfico, algo que é bem chamativo e comum na franquia Velozes e Furiosos. Afinal, quem não se lembra do Toretto (interpretado pelo ator Vin Diesel) destruindo os carros na ponte Rio-Niterói, ou o Shaw (interpretado pelo ator Luke Evans) arremessando os policiais com seu carro rampa?

Injustice 2 (HQs): Primeiras Impressões

Por fim, espero que o Need For Speed: Payback seja o retorno que a franquia merece. Com uma história bem contada, o jogo deve achar o ponto exato entre suas jogabilidades mantendo sempre o aspecto original da franquia: a diversão.

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s