Entrevista

Entrevista com a Youtuber Dani Rubim, do Geek Tutoriais

Hey guys, tudo bem com vocês? Já faz um bom tempo que não trago algo diferente para vocês e notei que isso não tava legal e precisava ser mudado. A entrevista que eu fiz com o Youtuber Matheus Jucinsky (do Projeto Corneta) foi muito bem de visualização e eu decidi conversar com outra influenciadora digital, a Dani Rubim!

Eu entrevistei dois dos dubladores de STRANGER THINGS!

Bom guys, para quem não conhece a Dani (o que eu acho muito difícil, pois se você é nerd você já esbarrou com algum vídeo dela) ela é a dona do canal Dani Rubim – Geek Tutoriais aonde a mesma ensina a produzir diversos objetos decorativos baseados no universo geek (como varinhas, espelhos, bonecos funko, dentre outros) e dá várias dicas de decoração. Enfim guys, aqui está a entrevista:

1 – Dani, o que lhe motivou para fundar seu canal, Geek Tutoriais, no YouTube?

“Eu sempre gostei de fazer arte e fazia diys por hobbie e constantemente ouvia amigos e parentes comentarem: “Nossa ‘isso’ é muito legal porque você não ensina a fazer isso?” então decidi utilizar o meu blog, que na época se chamava “Blog Dreamcatcher”, para dividir estas artes com a galera através de fotos, como no post DIY PORTA DO DOCTOR WHO.

Com o tempo percebi que muitas pessoas que acompanhavam o blog ficavam com duvidas em relação às fotos dos diys e foi pensando nisso que transferi os tutoriais para vídeos, aonde teria a oportunidade de mostrar o passo a passo mais ‘explicadinho’ foi ai que surgiu o Canal Dreamcatcher (meu primeiro canal no youtube).

O canal começou a dar muito certo, chegando a 300 inscritos em 1 mês de “vida”. Porém, devido a diversos problemas com a plataforma do youtube tive que recomeçar o canal em outra conta que nomeei como “Geek Tutoriais”, e o sucesso foi assustador, em 3 meses já comemorava os meu primeiro 1000 inscritos, foi uma sensação maravilhosa e inesquecível!

Hoje o canal se chama Canal da Dani Rubim – Geek Tutoriais está online a 2 anos e meio e já conquistamos 30 mil geeks inscritos e sou extremamente grata por toda essa trajetória.”

2 – Crescer em uma plataforma que está cada vez mais ganhando influenciadores digitais não é fácil, qual foi a maior dificuldade que você teve que lidar nesses dois anos de canal?

“Eu acredito que nada que vem fácil é bem aproveitado. Eu já passei por muitas fases baixas e altas e aprendi muito em cada uma delas, fico realmente feliz por ter suportado e principalmente por ter superado todas as dificuldades que já apareceram na minha carreira na internet.

Criar o canal foi uma conquista pra mim e ter a galera geek “ao meu lado” me apoiando é essencial. No inicio achava que a maior dificuldade seria os “haters”, mas fui abençoada com os melhores inscritos e em 2 anos de canal tive apenas 2 episódios com haters que acabaram se transformando em fãs do canal.

Muitas outras surpresas apareceram pelo caminho, já tive problemas com parcerias, fornecedores, com a própria plataforma de vídeo e todas pareceram ser “as maiores” quando passei por elas, mas foram apenas fases que me fizeram crescer como pessoa e como profissional… Ah, e sei que muitas outras dificuldades ainda surgirão e isso não me assusta, pois ser youtuber não é tão fácil quanto parece, mas no final vale a pena.”

3 – Recentemente, vários Youtubers publicaram queixas contra a empresa pelos erros que estão tendo na contagem de visualizações e pela queda, inexplicável, de inscritos. Qual seu posicionamento sobre isso e como tais ocorrências afetaram o Geek Tutoriais?

“Infelizmente, youtubers pequenos, médios e grandes estão sofrendo com todas essas situações desde agosto de 2016, com o canal não foi diferente.

Perdemos muitas views, muitas pessoas que seguiam o canal foram desinscritas pelo youtube sem o consentimento das próprias, as notificações funcionam para menos de 10% das pessoas que solicitaram esse serviço e ver que o panorama geral e o posicionamento da plataforma (youtube) em relação a tudo isso é nulo é uma situação desanimadora, eles insistem em ignorar as reivindicações dos youtubers e criar atualizações desnecessárias.

Fico muito triste com tudo isso, pensei seriamente em desistir do canal, mas trabalhar como viver de arte na internet é o meu sonho não pretendo deixar nada nem ninguém destruí-lo. Vou realiza-lo, seja através do youtube ou em outro site ou plataforma de vídeo.

Atualmente mudei o formato do canal, atualizei muitas coisas e estou me adaptando à nova realidade da plataforma que é extremamente mutável.”

4 – Entre todas as coisas que você produziu no seu canal, qual foi a mais cansativa e prazerosa de se fazer?

“Que pergunta difícil! É a mesma coisa que pedir a uma mãe para escolher o filho favorito rsrs. Mas não vou deixar de responder essa pergunta não.

Tutoriais cansativos para mim não existem, porque tudo que faço ou já fiz no canal eu realmente gosto, eu amo o processo de criação, eu posso selecionar alguns diys que demandaram mais tempo para serem realizados e devido a esses esforços posso também selecioná-los como os mais prazerosos. São eles: 

Diy Jaylah de Star Trek – primeira estatua que eu fiz no canal, foi um desafio para mim criar uma peça que tenha tantos detalhes principalmente no rosto e roupa da personagem.

Diy Hover Board De volta para o futuro – eu amo filmes dos anos 80 e 90 e fazer este diy foi muito divertido e bem trabalhoso também.”

5 – Como eu já lhe contei em outra ocasião, eu trabalhava na Liga Nerd na época que você e a loja estavam bem juntas. Como é receber esse apoio de empresas e lojas? Você que leva seu canal até elas ou elas que vêm até você?

“Muitas pessoas me perguntam sobre parcerias e como fazer parcerias com lojas e eu sempre digo a elas ‘sejam vocês mesmas, busquem estar ao lado de empresas que tenham o mesmo objetivo, nicho e personalidade que você’.

Eu particularmente tive muita sorte com praticamente todas as empresas, lojas e serviços que já participaram através de anuncio e parcerias no canal, principalmente por não considerá-los apenas empresas, mas amigos. Tenho contato pessoal com todos os meus parceiros, do estilo de irmos a eventos juntos como amigos mesmo.

Em relação a levar ou não o canal até as empresas é bem relativo, 30% das parcerias que fiz com o meu trabalho na internet foi através de iniciativa minha por meio de email e mídia kit e 60% foi através de contato da própria empresa que acabam encontrando meu trabalho pelas hashtags, redes sociais e etc.

Por isso uma dica muito importante é ter sempre o seu e-mail profissional disponível nas redes sociais para que as empresas possam entrar em contato com vocês.”

6 – Como é sabido, muito dos itens geeks/nerds que são vendidos possuem um preço bem alto. É raro você achar uma action figure feita com matérias decentes e bem detalhada por menos de R$ 150,00. Para você, por que tais preços são absurdamente altos? (Governo, empresas internacionais, etc)

“Realmente ser nerd no Brasil não é fácil, creio que deve ser por um mix de tudo isso que você citou, mas mesmo peças brasileiras possuem preços altos.

Esse foi um dos incentivos para utilizar minhas habilidades com artes e confeccionar meus próprios objetos geeks, também acho que é devido a isso que canais de Diy fazem sucesso, tanto por serem uma opção mais em conta de alguma forma possuir um objeto que faça referencia a algo que você goste seja uma serie, um filmes, um personagem e etc e por possuírem a satisfação pessoal do criador (por sempre poder ver uma peça de arte feita com suas próprias mãos).”

7 – Recentemente, vivenciei experiências bem legais com outros fãs do seu trabalho e pude notar quão devotos eles são. Como você os vê e o que faz para aproximar-se dos mesmos?

“Eu me considero a pessoa mais sortuda do youtube por ter essa galera incrível que me acompanha, os geeks em geral são muito receptivos, comunicativos e carinhosos, o que desmistifica a imagem do nerd que é introvertido, fechado preso na frente do computador, é incrível conversar com geeks e nerds em eventos ou na internet mesmo.

Não gosto muito da palavra fã, considero todos mais como amigos e faço questão de responder cada um e dar o maximo de atenção que consigo através dos comentários, das redes sociais, do grupo do WhatsApp e etc.

Muitos inscritos acabaram se tornando meus amigos pessoais e isso me deixa extremamente feliz, porque esse sempre foi meu objetivo: encontrar pessoas que gostem do universo nerd e geek para compartilhar ideias e criar esse circulo de amizade tão lindo como esse  que tenho com “Meus Geeks Lindos”.

Ter eles ao meu lado é maravilhoso, aprendo muito com cada inscrito e cada comentário me incentiva a melhorar ainda mais os vídeo e me dá animo para continuar.

Sou muito grata por cada amigo que fiz nesse percurso pela internet.”

8 – Quais são suas inspirações para o canal?

“Eu gosto de criar objetos que preciso dentro de casa, por isso o foco do canal é decoração com temática geek/nerd, tudo que faço no canal eu realmente uso no dia a dia, então a inspiração acaba vindo da necessidade que vejo diariamente aqui casa, mas utilizo também plataformas de imagens como Pinterest para ter “um norte” e os temas que escolho são de filmes, series, animes, desenhos e personagens de que eu realmente gosto.

Tenho muitos amigos criadores de conteúdo no youtube e sempre posso contar com eles para trocar ideias e inspirações.”

9 – Nos dias atuais, muitos adolescentes olham para o Youtube como uma empresa que pode lhes garantir fama e dinheiro de forma fácil; alguns até se expõem ainda bem novos correndo o risco de serem alvos de sequestradores e pedófilos. O que você diria para esses adolescentes?

“Ser youtuber hoje em dia é divulgado como algo sedutor, mas é um trabalho como todos os outros que depende de tempo, esforço, estudo e dedicação:

Tempo e esforço para se dedicar aos inscritos, as redes sociais, à pesquisa, à divulgação, à criação de conteúdo e etc. Estudo e Dedicação, afinal edição de vídeo, de imagem, de marketing digital é extremamente necessário para um canal fazer sucesso.

Incentivo muitos inscritos a criarem canais para dividir o que amam, mas o que vejo acontecer e criações de canais vazios, sem conteúdo, sem paixão e isso é muito ruim tanto para quem cria, quanto para a plataforma.

Criar um canal só visando “ganhar coisas grátis” ou “ser famoso como aquele ou outro youtuber” é pura ilusão, primeiro porque as empresas não se interessam por pessoas que são influenciáveis ou sem paixão e dedicação, segundo porque a tal fama dos grandes youtubers brasileiros não aconteceram magicamente, elas são fruto de muito trabalho ao longo de vários anos. Eu mesma estou na internet a cerca de 4 ou 5 anos, com o canal a quase 3 e se fosse para ser “famosa ou rica” eu já teria desistido a muito tempo atrás.

A superexposição que vivemos hoje em dia não esta só no youtube, mas em todas as redes sociais e na internet em geral, mostrar quem você é não é errado, mas não saber que existem limites é algo assustador.”

10 – Como você pretende expandir o Geek Tutoriais ao longo de 2017 e quais são suas metas?

“Devido à varias mudanças pessoais e profissionais o canal passou por uma fase de transição o que alterou muito as minhas metas e objetivos com o youtube.

Hoje não me preocupo mais com “números” como antigamente, eu quero apenas dividir minha arte com pessoas que gostem da mesma coisa que eu, se a quantidade de pessoas alcançadas for alta ótimo, afinal proporcionara melhores condições para manter o canal, mas o que mais desejo é manter todas as amizades que conquistei com meu trabalho na internet e um dia poder viver e sustentar minha família com a arte e com o universo geek que tanto amo.”

Entrevista com o youtuber Matheus Jucinsky, do Projeto Corneta!

Bom guys, é isso! Obrigado a todos que leram tudo e obrigado a Dani por ter aceito fazer esse incrível bate-papo, foi muito interessante! Ah, fiquem ligados porque vou entrevistar um dos dubladores de Star Wars, então me siga em todas as redes sociais e fique por dentro de tudo!

Anúncios

4 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s